18 maio 2011

Sonhos Amores


Me desperto para o que sentia, pois por ti eu sei que sofreria.
Há quanto tempo que partiu sem mim,
Eu prometo que não choro mais.

Sonho amores sempre tão iguais,
Como você, como nós.
Eu espero seu sussurro me dizendo: Eu te Amo!
Com o coração me chamando, um suspiro sufocando,
Na ternura de um sorriso vem dizer: Luz é ter você!

Sonhos Amores que farão crescer em mim
Um sorriso entre minhas lágrimas.
Quantas páginas tão fantásticas para não escrever sobre o que vivi.

Sonho amores que espero realizar,
Que se perdem em nossas vidas,
Que nos cegam e nunca nos deixam ver
Se será esse amor para sempre.

E quantas vezes chorarei ao ler?
Quantas vezes voltarei a ver aquelas cartas que eu recebia
Quando a minha esperança ainda existia?
Grande amor que é infinito, mas por que me deixou?

Amores tão estranhos que vem como se vão.
Não pense que em mim sobreviverás,
São histórias que sempre lembrarás sem saber se vão machucar

Sonhos amores, frágeis prisioneiros tão livres.
Sonho amores sempre tão iguais,
Vão estar sempre em nós.
Sonho amores que não me deixam viver,
Se perdendo entre minha dor.

Me desperto para o que eu sentia,
Desta vez tenho certeza que
Encontrarei um grande amor sincero em... você.

Autor: Cláudio Nanti
Texto escrito em 08.Mar.1997
Esta é uma versão livre sem pretensões comerciais para a música "Strani Amori" de Laura Pausini

Nenhum comentário:

Postar um comentário