02 maio 2011

Um Desafio!


Uma dor latente!
Um ódio crescente!
É o que sinto em meu peito.
Me sinto em um buraco frio, úmido e muito, muito escuro.
Daqui não vejo saída, não vejo esperança, não bondade, tão pouco vejo o amor.

Das escolhas que fiz muitas eu me arrependi e sinto na pele pelo erro que cometi.
Eu sabia que dessa pedra não sairia água e mesmo assim eu insisti.

Acreditar na bondade humana pode ser uma boa chance de provarmos o quanto pode ser doloroso a gente insistir no erro.
Sei que vou me arrepender amargamente pela escolha que acabei de fazer que é deletá-lo da minha vida, mas só assim eu vou conseguir fazer com que morro esse sentimento lindo que existe de mim.
Sentimento este que me fez mais mal do que bem

Para mim basta, ou eu tomo essa decisão ou vou ficar enfiado nesse labirinto de trevas e dor pelo resto da vida, isso não quero, já passei por isso diversas vezes, doeu e dói até hoje.

Não me sinto seguro da decisão que tomei, tenho medo...
Preciso ser forte e me manter em pé!
Eu sei que vou superar isso tudo, já passei por coisas piores, muito piores.

Conto comigo e com os poucos em que posso confiar. Os poucos ou o único que tenho certeza que nunca levarei uma facada pelas costas.

As lágrimas já não são suficientes, já não tenho mais palavras para expressar o quanto dói, por isso prefiro me calar.

Me perdoe mas pra mim chega!

Autor: Cláudio Nanti

Nenhum comentário:

Postar um comentário