04 janeiro 2011

Saudade



Ontem me lembrei de você, ultimamente tenho sentido tanto a sua falta. Você partiu tão de repente, sem adeus, sem explicações. Passamos momentos tão lindos e felizes, tenho saudade de tudo isso, era uma época que eu ainda não conhecia o ciúme, a desconfiança e a traição.
Quando você se foi achei que fosse morrer, fiquei sem chão e sem rumo. Você era tão importante pra mim, nem eu mesmo sabia o quanto.
Tanta coisa mudou desde então, eu mudei, hoje sou adulto. Me lembro claramente de quando nos conhecemos, eu era tão arredio, queria ser livre, independente. Você me conquistou, bem devagar, me fez entender que ninguém é feliz sozinho. Ganhei valores e conceitos sólidos para seguir meu caminho. Sozinho ou acompanhado.
Depois que você se foi tanta coisa aconteceu, chorei sua falta e sua ausência por anos. Tudo o que você me ensinou eu não usei, apenas algumas coisas. Cada vez que cometo um erro, posso ouvi-lo dizendo para eu não fazê-lo.
É triste a vida na solidão. Tentei me apaixonar por outros mas sempre falta alguma coisa, procurei por anos te encontrar em outras pessoas e lugares e só conheci a decepção.
Quanto sofrimento encontrei no meu caminho, você nem imagina, chorei tanto. Tanto que minhas lágrimas chegaram a secar.
Um dia achei que havia encontrado a pessoa certa que daria continuidade a tudo aquilo que você começou, meu crescimento e minha evolução. Eu estava enganado, era mais uma decepção, trazendo logo em seguida dor, sofrimento e lágrimas.
Às vezes fico imaginando como seria se você ainda estivesse aqui comigo, seria diferente, talvez não. Não tenho essa certeza.
A vida me fez ser uma pessoa fria, sem sentimentos. Ainda estou à espera de alguém que eu possa amar tanto quanto eu amei você.
Sempre que me lembro de ti penso que eu era sim feliz e não sabia. Rezei por você algumas vezes, mas não muito. Lembrar de você ainda dói, espero que você esteja bem onde quer que se encontre. Ainda amo você demais.
A única coisa que sobrou daqueles dias foi a saudade.