05 maio 2011

SOMOS TODOS IGUAIS


Somos instantes desprendidos de sensações
Somos momentos desprendidos de lembranças
Somos alma e flor desprendidos de cheiro ou cor
Somos tristes pássaros desprendidos de asas
Somos tola imaginação desprendida de criatividade
Somos menos do muito mais e fazemos mais com muito menos
Somos mais além do menos
Somos alegres desprendidos de lágrimas
Somos olhares desprendidos de horizontes
Somos eu e você
Somos você e todos
Somos assim e muito mais
Somos um planeta desprendido de galáxia
Somos música desprendida de notas
Somos silêncio desprendido do aconchego
Somos o vai e vem inconstante da palavra amar
Somos o oposto do inimigo mais amigo
Somos eu e você
Sim, somos você e eu, sim
Somos braços desprendidos do abraço
Somos pele desprendida do tocar
Somos bocas caladas desprendidas do cantar
Somos o absurdo mais abstrato
Somos mais do que queremos e podemos ser, querer ou buscar.
Somos pedras em um caminho de lama
Somos caminhos que levam e que trazem
Somos o coração pulsante e almejante
Somos potentes descrentes da existência do inacreditável
Somos desafio desprendido de oponentes
Somos vitória na desgraça da saudade
Somos mais e mais e mais e mais.
Sim, somos tudo e todos, e também somos, apenas SOMOS TODOS IGUAIS!

autor: Cláudio Nanti